quinta-feira, 2 de julho de 2009

Você

Estou ofegante. Meu corpo está entregue, relaxado e sensível. Cada toque em mim sinto como um choque. Aos poucos, sua força aumenta. E então começo a me contrair e transpirar. Você me domina, e eu já não consigo falar. Minha respiração está mais forte e minha garganta seca. Fecho os olhos e me encolho, não posso segurar mais, é demais! Ai... ahh... aaaaaatchiiiiim! Gripe maldita.

4 comentários:

Paulinha disse...

HHAHAHHAAHAHAH!!!
broxante esse final!!!
:D

Anônimo disse...

hahahahahahaha!

Adoro seus textos, guria... implícito ao extremo... demais!

* Borboletas, borboletas... *

Anônimo disse...

Uma das melhores descrições de uma gripe que eu já vi.

Vivi disse...

Preciso concordar totalmente com o "ruminamentos".... foi a melhor descrição de uma gripe que eu já vi!!!!!!!
Só vc!!! só podia vir de vc!!! hauhauhauhauhauhau