segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Hoje eu quero.

Quero mais. Mais de nós. Mais de você em mim.
Quero tudo, e tudo com você é quase nada. Pra sempre é pouco.
Tanto tempo, tanta espera, não podemos perder nenhum segundo.
Agora, quero agora! Me abraça. Aperta. Me esconde no seu mundo.
Me beija. Beija quente, suave, terno, animal. Me beija com os olhos.
Quero mãos. Mãos que deslisam, leves e loucas e taradas e...
Me pega! Me joguei, sou sua. Me leva, me ama, me emputece, me acaricia, me arregaça, me... (suspiros)
Hoje, e amanhã, e depois... e enquanto nos for permitido, eu quero.


sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Surto de inspiração

Meu corpo é um monumento!
Templo de movimentos e momentos.
Meu corpo fala!
Gesticula, acaricia, bate, grita... apenas com os olhos.
Meu corpo flutua!
Dança, goza, rodopia, ao som de qualquer melodia... se arrepia.
Meu corpo?
Meu corpo te quer! 
Inteiro, intensamente, cada poro, cada pelo, cada gota... suspiros.
Meu corpo morre.